sábado, 26 de dezembro de 2009

Uma Prova de Amor - Filme

Postado por Mara às 12/26/2009 04:13:00 PM 1 comentários
Sinopse:
A pequena Anna não é doente, mas bem que poderia estar.
Por treze anos, ela foi submetida a inúmeras consultas médicas, cirurgias e transfusões para que sua irmã mais velha Kate pudesse, de alguma forma, lutar contra a leucemia que a atingiu ainda na infância.
Anna foi concebida para que sua medula óssea prorrogasse os anos de vida de Kate, papel que ela nunca contestou... até agora.
Tal como a maioria dos adolescentes, ela está começando a questionar quem ela realmente é. Mas, ao contrário da maioria dos adolescentes, ela sempre teve sua vida definida de acordo com as necessidades da irmã.
Então, Anna toma uma decisão que seria impensável para a maioria, uma atitude que irá abalar sua família.
Meu Comentário:
É um filme de fortes emoções e muitas lágrimas, principalmente para quem já deu "Adeus" à um irmão querido.
O direito de decidir. Sim, a pessoa deve ter o direito de decidir se já chegou a hora de partir, porque apesar da sinopse na verdade a luta para decidir tem um contraponto escondido e é surpreendente como é doloroso a hora que descobrimos qual a verdadeira razão de toda a luta de Ana.
É um filme para assistir com um balde do lado e um lenço na mão, não consegui condenar ninguém, pois o filme é super bem produzido e não deixa margem para dúvidas das razões de cada parte envolvida, fazendo-nos entender e aceitar cada argumento.
Enfim, vence o destino determinado e absoluto. Fica uma grande lição a ser assimilada; ("O direito de escolher").
Filme nota 10
Para repensar e corrigir nossas atitudes.
bjos
Lady d'Arques
PS. A trilha sonora também é belíssima.

sexta-feira, 25 de dezembro de 2009

Casada com um estranho - Sylvia Day - Julia ed. 1496

Postado por Mara às 12/25/2009 09:52:00 PM 0 comentários
Inglaterra, 1815
Um amor imprevisível. Isabel Pelham e Gerard Faulkner formam o casal mais escandaloso de Londres, combinam em todas as coisas - sensualidade, desejo intenso, bom humor, desprezo pelas convenções, atrevimento, e a recusa absoluta de se apaixonarem um pelo outro. Isabel fechou seu coração ao amor e, dos homens, só deseja companhia e prazer. O casamento entre ambos é um acordo dos mais agradáveis, até que uma chocante reviravolta leva Gerard para longe... Quatro anos depois, ele está de volta. Mas o rapaz farrista e irresponsável foi substituído por um homem sério e charmoso, determinado a seduzir Isabel. O relacionamento descontraído transformou-se numa tentação irresistível, um marido que deseja Isabel de corpo e alma, e que não se deterá diante de nada para conquistar o amor da esposa. Não, aquele não é o homem com quem Isabel se casou mas... é o homem que finalmente poderá roubar seu coração...
Meu comentário:
É um romance totalmente fora dos padrões... ditos perfeitos... os dois... isso mesmo os dois são devassos... Well... confesso... rsrsrs que não consigo descrever o livro, mas impressiona o fato de Gray casar com Pel, como ele carinhosamente a chama, apenas para se vingar da mãe que o impediu de se casar com a mulher que amava desde criança... Do outro lado Pel foi casada com um devasso que a seduziu antes do casamento e literalmente depois a traiu com quase todas as mulheres da nobreza... e morreu num duelo por causa de uma dessas amantes... Desde então Isabel decidiu se envolver apenas em relações sem amor... isso mesmo pasmem... ela tem amante e quando percebe que ele está se apaixonando e a pede em casamento ela simplesmente dá o fora no pobre... kkkkkkkkkk Em contrapartida Gray apesar de amar Lady Emily que se casou com outro, mas continua sendo sua amante e inclusive engravida dele... afffffffff, ainda mantém duas ou mais amantes para satisfaze-lo... porque a Emily é muito delicada e não sobreviveria a sua paixão... Gray propõe o casamento, com o seguinte acordo... ele continuaria com suas amantes e Isabel tb... ( o que Isabel ganharia com esse casamento?... Ser Marquesa e não ter que recusar mais os pedidos de casamentos dos amantes... kkkkkkkk) Gray sofre uma grande dor (não vou contar pra não estragar a leitura... rsrsrs) e parte deixando Isabel livre por quatro anos... Um belo dia ele volta... e não parece ser o mesmo homem com quem ela se casou...e jamais consumou o casamento... Na verdade Gray volta disposto a levar uma vida normal... com tudo que um romance bonito pode ter...mas Isabel se recusa a aceitar a quebra do acordo...
Dois detalhes super interessante... Isabel é quatro anos mais velha que Gray... o que na época é um verdadeiro escandalo...rsrsrs
Gray é uma semelhança viva do primeiro marido calhorda de Isabel... o Pelham... É uma estória com ingredientes fortes... e com certeza polemica... kkkk Mas apesar de não ser admiradora desse tipo de estória... eu gostei... e devo acrescentar que gostei muiiiiiiiiiiito...
A luta de Gray para convencer Isabel que eles podem viver um grande amor é linda...
E ainda tem um casal coadjuvante que merecia com certeza estória própria...o irmão da Isabel com uma americana... outro escandalo... rsrsrs Ainda resta salientar que constantei mutilação... nada que comprometa o enredo... mas continua sendo um crime...
E finalmente... devo acrescentar que o livro é muito sensual com cenas calientes... mas sem vulgaridade... apesar de descrever algumas cenas com os outros parceiros... nada que comprometa a estória... mas um toque apimentado e totalmente diferente dos romances a que estamos acostumadas... Eu gostei e indico... Essa é apenas a minha humilde opinião...
Nota 10
bjos Lady d'Arques
Ps. Nem comentei a foto...mas nem precisa né meninas???

quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

Romance à Italiana - Cathy Williams

Postado por Rafaela às 12/16/2009 11:41:00 PM 3 comentários

Resumo:

Bruno Gianella é um magnata deslumbrante ,orgulhoso e bem-sucedido. Katy não acredita quando esse italiano sexy exige que ela se torne sua assistente pessoal! O que ela não sabe é que Bruno deseja descobrir a verdadeira mulher por trás da aparência tímida e tranquila de Katy. E quando o faz, ela se entrega de corpo e alma à paixão que ele consegue despertar nela...  

O que eu achei:

Adoro esse livro! (Adoro a essa capa!)

Um dos melhores livros que já li. (Não me perguntem o por quê), mas vou tentar explicar: Para alguns o enredo pode ser meio batido, mocinha-que-se-acha-patinho-feio-e-que-se-apaixona-por-chefe-milionário-mulherengo-que-não-quer-compromisso-e-que-no-final-se-descobre-completamente-apaixonado-por-ela.

Até aí beleza, você vai dizer que "viu esse filme" milhares de vezes, que a estória é simples, manjada e que por isso não tem graça. Mas o que é que eu posso fazer? Eu simplesmente AMO esse livrinho! rs "Tá você já disse! Mas afinal, o que você tanto gosta nesse livro?" Acho que é justamente por ela ser simples, mas sem ser boba, gosto muito de como a Cathy Williams conta a estória, porque a trama se desenrola com um misto de narração dos acontecimentos com a pontos de vista dos protagonistas e como eles estão se sentindo em determinados momentos, principalmente a Katy.

Não é como outros livros onde tudo gira em torno da mocinha e só vemos o lado dela ressaltado e não entendemos as ações do mocinho e acabamos julgando ele de forma precipitada porque não temos acesso "à sua cabeça." Gosto muito mesmo do trabalho da Cathy Williams, infelizmente esse é o único livro que tenho dela, gostaria de ter mais, se pudesse faria coleção dos livros dela, quem sabe um dia eu consigo, né?

Adoooro mocinho italianos (mama mia!), principalmente o Bruno, dizem que os homens quando realmente amam alguém é pra valer, amam de corpo e alma, enlouquece por uma mulher, nesse livro vemos isso acontecer. Um homem abandonar toda sua vida boêmia por uma única mulher. E lutar até conseguir seu amor. Também adorei a mocinha, adoro livros com pseudo-patinhas feias que viram cisnes depois. Mas apesar de não ser segura com sua aparência (que aliás nem tem motivos para isso), a Katy não choraminga pelos cantos, nem fica com auto-compaixão, ela é uma mulher forte, tá inocente em alguns aspectos, mas forte, trabalhadora, sensata e determinada. Destaque para o Joseph, padrinho do Bruno que o criou, que um personagem muito fofo. ^^

Livro excelente em minha opinião. Estou sempre relendo. Sempre que leio gosto mais, sempre me prende de uma forma incrível! Um contemporâneo ótimo, com cenas hot, mas super romântico em sua simplicidade e ao mesmo tempo super bem acabado, com uma narrativa que flui facilmente e é super interessante. Esse é recomendado com "R" maiúsculo! Leia, ler de tudo, sem preconceitos, amplia seus horizontes, pode ter certeza.

Bjs

sábado, 12 de dezembro de 2009

Os Feiticeiros de Margo Maguire

Postado por Mara às 12/12/2009 10:29:00 PM 0 comentários

O Destino do Guerreiro - Ed. 324
Escócia, 981 Um amor que transcende o tempo... Brogan Mac Lochlainn ouviu falar de uma pedra mágica que possui grandes poderes. Agora que seu pai morreu e ele se tornou responsável pela proteção de seu clã, Brogan enfrentará qualquer perigo para se apossar da tal pedra. Mas somente a mais poderosa das feitiçarias poderá levá-lo até o talismã, que está escondido em Ravenfield, uma propriedade inglesa... 900 anos à frente! Sarah Granger fica assustada e intrigada ao se deparar com o homem desconhecido quase nu na praia, aparentemente trazido pelo mar. A história dele não poderia ser mais absurda, mas homem nenhum despertou nela uma paixão tão ardente quanto o belo escocês. Sarah sabe, no fundo do coração, que seu destino é ao lado daquele guerreiro sedutor...
A Tentação do Guerreiro - Ed. 320
Nortúmbria, 981 Uma nova terra. Um novo tempo... Um novo amor. Merrick Mac Lochlainn precisa viajar quase mil anos para o futuro, para descobrir a mágica capaz de proteger seu clã de um grande mal. Porém, ao acordar na Inglaterra do século XIX, ele não se lembra de sua missão, e tampouco reconhece Jenny Keating, a jovem linda e graciosa que afirma ser sua esposa... Vulnerável e sozinha, e fugindo de um homem cruel, Jenny nunca imaginou que seria salva por um galante cavalheiro, muito menos um guerreiro bonito e charmoso. Atraída pela beleza máscula e pelo jeito misterioso de Merrick, Jenny dá início a uma farsa perigosa e se faz passar por esposa dele. Porém, seus sentimentos nada têm de fictícios, ao contrário, são reais e intensos, até demais... E, juntos, eles terão de combater uma terrível ameaça, que põe em perigo as suas vidas, ao mesmo tempo que têm de lidar com uma paixão forte demais para resistir...
Meu Comentário:
O Destino do Guerreiro

Para variar a NC lançou na ordem errada.

E apesar de não perder a beleza da leitura, decididamente me senti frustrada por ler fora de ordem, pelos simples fato de que nesse livro não tem a luta final para definir o destino de Coruain.

Tudo bem, eu li o livro “A tentação do Guerreiro”, mas sinceramente, pra quem não souber que são dois livros o final deixa muito para a imaginação, por isso, um conselho de amiga, “leiam os dois juntos na seqüência cronológica correta”, apesar de os livros acontecerem ao mesmo tempo.

Para esclarecer:

1º “O destino do Guerreiro”

2º “A tentação do Guerreiro”

Quanto ao livro em si:

Margo Maguire gosta de criar homens rudes, taciturnos e de personalidade insondável.

Sempre é um mistério delicioso descobrir tanto o homem, quanto a trama.

Brogan não é diferente, pois tem uma personalidade arredia e muito preconceituosa acerca dos ingleses, já que ele é um Druzai e tem a firme convicção que ingleses e druzais não devem se misturar.

Como Merrick, Brogan é um feiticeiro poderoso e a historia tem uma magia coerente, se bem que o final é extremamente mágico.

A mocinha é uma lutadora, sobrevivente. Tem ótimas cenas Hots.

Brogan tem umas frases de efeito de tirar o fôlego tanto hot quanto romântica.

A maneira como ele a chama:

“mulher”

e tipo:

“ não se esqueça, você é minha!”, são de bambear as pernas.

Enfim, nota 9 (tirei 1 ponto, porque não tem o confronto final que decide o futuro de Coruain).

A TENTAÇÃO DO GUERREIRO

É um romance paranormal...

A mocinha Jenny está no ano de 1826, mora numa instituição de ensino... pra lá de sinistra, onde as crianças são cruelmente surradas pelo reverendo Usher... uma espécie de psicopata... pois ele maltrata toda criança loira e pequena que vai parar na instituição... (cá pra mim ele é pedófilo, nem sei se é assim que se escreve...rs)

Jenny Keating perdeu os pais num acidente de barcos e sua tia casada com um monstro pegou a herança e simplesmente despachou a pequena Jenny com 10 anos pra esse lugar horroroso...

(detalhe sórdido) ele "o Reverendo Usher adora bater nas nádegas das meninas e deixa cicatrizes horríveis”... tem um caso sinistro em que uma amiga da Jenny, a Norah tenta salva-la do castigo e é brutalmente espancada e deixada num lugar frio sem socorro... e acaba por morrer... desde então o reverendo Usher para de espancar a Jenny... mas a maltrata moralmente...

Jenny é dotada de um estranho poder em que quando está abalada emocionalmente as coisas caem, quebram e assim por diante.

No começo da estória a Jenny já é professora nesse lugar horroroso e consegue uma vaga de preceptora de filhos de nobres sem ninguém saber, depois de mais um ataque do reverendo ela decide ir embora, mas descobre que sua companheira de quarto roubou uma jóia, alias a única que ela conseguiu manter consigo desde a morte dos pais, e então ela vai atrás da ladra... e depois iria ao encontro da nova vida ... no novo emprego...

O Mereck (hum gosto desse nome me lembra o Guerreiro sem alma da Sophia) está no ano de 981 e descende de uma família de feiticeiros, sendo ele mesmo um feiticeiro dos poderosos...rs... A grande bruxa que estava presa à muitos anos consegue se soltar, mata o pai e chefe do clã de Mereck, ainda arremata o cetro que rege os reinos... Mereck recebe o bracelete do pai e deve livrar o reino da bruxa, para isso deve ir em busca de umas pedras mágicas, e somente essas pedras serão capazes de deter a bruxa... a única dica que ele recebe do Oráculo que é prima dele de nome Ana, é que ele deve procurar Keating e voltar o mais rápido possível... Mereck chega no ano de 1826, e vê nossa pequena Jenny sendo abordada por ladrões de estrada, e como bom cavaleiro que é corre em auxilio da mocinha...mas está muito fraco e não pode usar seus poderes ou a bruxa saberá onde ele está... (em que ano quero dizer).

Ele luta com 4 ladrões, mas é alvejado na cabeça... nesse intervalo uma companhia de ciganos chega e acaba de socorrê-los... pra se preservar de um dos ciganos que a olha com malicia Jenny finge ser esposa do cavaleiro que ela coloca o nome de Mathew Keating...

Quando o Mereck acorda não se lembra de quem é... e acha oteeeeeemo estar casado com uma mulher tão doce e linda e começa a querer comparecer com suas obrigações de marido... e ela correndo... Mas não muito... Eu gostei porque ela logo conta a verdade pra ele, e mesmo assim ele a quer...

Ele ainda não se lembra quem é... e nem qual sua missão... não lembra nem se é casado...rs A estória vai e volta... porque mostra o apuro que o oráculo... a Ana está passando pra não dizer onde o Mereck está... e ainda defender a ilha da invasão da bruxa...

É um livro diferente de tudo que já li... Tem muita magia... personagens autenticamente excentricos, tipo akeles filmes de fadas, duendes e muito fatos inusitados...

a Margo descreve com beleza e muita propriedade e transforma uma simples estória em algo inesquecível... eu gostei ...mas sei que é um genero que não vai agradar a todos por isso se vc quer uma estória tipica medieval pule esta edição... mas se quer conhecer algo totalmente diferente... então leia e com certeza vc vai gostar... eu pelo menos gostei muito...

Brogan o irmão do Merrick e Sarah a mocinha de "O Destino do Guerreiro" aparecem na luta final e fantástica do primeiro.

Nota, 10

bjos

Lady d'Arques

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

A Saga dos Dante - Day Leclaire

Postado por Mara às 12/07/2009 11:41:00 PM 12 comentários
OS DANTE (VOL.1)
A noiva chantageada — Day Leclaire Francesca Sommers é a designer de uma fantástica coleção de joias que pode arruinar os planos de Severo para a reconstrução do império dos Dante. A solução? Forçá-la a se tornar sua funcionária... e sua noiva... até sua ardente paixão arrefecer. Contudo, controlar a chama do desejo pode se provar impossível...
A esposa roubada — Day Leclaire Inferno, o desejo incontrolável que açoita um homem apenas uma vez na vida. O milionário Marco Dante o sentiu ao ver Caitlyn Vaughn. Nada o impediria de possuir... a noiva de seu irmão gêmeo. Assim, ele decidiu se passar pelo noivo e roubá-la para um casamento.
OS DANTE (VOL.2)
Falsa união Nada impediria que Nicolò Dante descobrisse a verdade sobre Kiley O’Dell. Ele sabia que ela não devia passar de uma mentirosa, mas, no momento em que viu sua beleza, sua alma queimou com o calor que arde apenas uma vez na vida, o Inferno dos Dante. Quando um acidente a fez perder a memória, Nicolò resolveu aproveitar a chance de saber seus mais profundos segredos... se passando por seu marido!
Contrato nupcial O rico empresário Lazzaro Dante não acreditava na lenda do Inferno dos Dante. Assim, tinha certeza de que um casamento de conveniência deixaria seu coração intacto. Contudo, ao conhecer Ariana Romano, sua alma foi marcada a ferro pelo desejo. Apesar de seu acordo para manter o casamento apenas no papel, Lazzaro sabia que não conseguiriam esconder a paixão que ardia entre os dois por muito mais tempo... às pressas... e uma lua de mel de tirar o fôlego...
Meu Comentário:

Saga dos Dante

A mágica que envolve a família Dante, é impressionante, incontrolável e implacável.

A ordem de comando na mente masculina dos herdeiros é única, incisiva e irrecusável.

“Conquiste esta mulher. Ela tem que ser sua.”

1º livro (Sev e Francesca)

Sev Dante faz exatamente isso, como irmão mais velho, e com a missão de reconquistar o mundo para a família Dante. Em meio à magia do “Inferno”, ele simplesmente toma o que lhe pertence, leia-se Francesca, filha ilegítima do concorrente de Sev que está na mira para ser o próximo eliminado.

Sev é implacável, para conciliar suas metas profissionais e ainda conseguir cumprir a ordem mágica, usa todos os recursos disponíveis, inclusive chantagem.

Ótima leitura, e ainda fica umas pontas soltas para os próximos 3 irmãos Dante.

Nota 9 (motivo de eu tirar 1 ponto?)

Simples... Tem uma parte da historia em que Sev é inescrupuloso, insensível, além de egoísta. (mas ainda assim me apaixonei por ele).

2º Livro ( Marco e Caitlyn)

Marco e Lazaro os gêmeos Dante desde que nasceram disputam as mesmas mulheres.

Lazz é 100% racional e não acredita na Lenda Mágica sobre a família.

Marco é romântico e acredita que a Magia é uma benção sobre a família.

Marco rapta Caitlyn e ela se casa com ele achando que esta se casando com Lazz.

Confusão italiana, com espionagem, traição e muita magia.

Livro nota 10 (porque ?)

Porque Marco é o irmão Dante irresistível que me conquistou.

3º livro ( Nicolò e Kilye)

Esse livro é impressionante porque nos deixa uma indagação constante sobre a verdade do caráter da Kilye.

Uma amnésia seria capaz de dar uma segunda chance à uma bandida se redimir?

O “Inferno” agiu para modificar estruturalmente a vida e os desejos de uma pessoa? A magia é tão poderosa assim?

Admito que algumas vezes fiquei irritada com as mentiras de Nicolò, pois tinha certeza que Kilye era completamente inocente.

O Epilogo é assustador e ao mesmo tempo inédito.

Sinceramente nunca li um livro com uma trama tão... ... ... ...Indescritível!

Só lendo mesmo para entender.

Apesar da minha irritação com Nicolò o desfecho surpreendente ganhou muitos pontos na minha avaliação, pois não ficou na mesmice e nem no óbvio.

Nota 10 (sem dúvida...e nem indagação... )

4º livro ( Lazz e Ariana)

Apesar de Lazz ser o mais cético dos irmãos em relação ao “Inferno”; a historia de Ariana e Lazz é mais romântica, talvez por conta deles se conhecerem desde criança e já nesse tempo a “Magia” se manifestar em forma de pequenos choques.

A lenda do diamante Brinteston (acho que é assim que se escreve... hihihi), também é muito interessante e o desfecho é perfeito!

Meu único senão, é não ter epílogo e eu não poder constatar o cumprimento da profecia da Nona se realizar, que é a única mulher Dante à nascer nessa geração.

Nota 10

P.S. Sev está perfeito nesse livro, o “mágico” casamento dele com Francesca o torna um homem muito melhor, e junto ao Lazz se tornaram os meus preferidos.

sábado, 5 de dezembro de 2009

Apenas Uma Mulher - Cheryl Holt Bestseller 118

Postado por Mara às 12/05/2009 09:06:00 PM 1 comentários

Inglaterra, 1812

Coração seduzido

Jane Fitzsimmons nunca lamentou ter nascido mulher... até que o estaleiro da família, que ela administrava, foi cruelmente arrebatado de suas mãos pelo pai insensível. Para resgatar seu sonho, Jane teria de se casar. Somente então, com a permissão do marido, ela poderia reassumir a direção da empresa. O problema era que o único pretendente que fazia seu coração palpitar era um homem sem escrúpulos...

O irresistivelmente atraente Phillip Wessington procurava o dote de uma esposa, sem precisar se casar. Embora fosse cínico e desconfiado, ele não podia negar o desejo que Jane lhe despertava, nem a conveniência de um casamento arranjado. Mas um homem que sofrera por amor não se emendava com facilidade, nem mesmo sob a influência de uma mulher carinhosa e desejável. A menos que ele estivesse disposto a esquecer o passado e seguir a voz do coração...

Meu Comentário:

Eu admito que tinha um certo preconceito com os livros da Cheryl, porque ela é aclamada como uma autora de cenas hots e eu achei que a estória se perderia.

E quando li “A Poção do Amor” odiei o mocinho e suas atitudes.

Mas felizmente em “Apenas Uma mulher” eu me enganei, os personagens são seres humanos normais, com defeitos bem realistas e mexem com nossa sensibilidade tornando impossível não se apaixonar e por fim perdoar, pois afinal não existe ninguém perfeito.

Eu fiquei chocada, pois ele negociou a venda em casamento da filha que ainda nem completara 12 anos para um amigo dele que é pervertido sexual.

Só o fato de ser amigo de um indivíduo desses já é terrível, agora negociar a menina “É o fim”.

No momento que li essa cena pensei: “Ele vai ter que ser muito bom pra me fazer perdoá-lo”.

O fato de ele desconfiar que a menina não era filha dele não justificou pra mim tamanha crueldade.

A Jane também me deixou chocada, pois faltou muito pouco para ela ter um caso com o cunhado. Sim, infidelidade em família, e ela só não o deixou consumar a relação nem sei como, e ainda pretendia depois de casada se tornar amante do cunhado.

O casal não é nenhum poço de virtudes e nada tem de convencional.

A história nos envolve de tal forma, que cada momento é uma emoção mais forte que a anterior.

A participação da Emily, a filha de 11 anos rejeitada pelo conde é, determinante para os rumos da trama.

Jane e Philiph amadurecem em meio às decepções, perdas e boa dose de perdão.

O irônico é que quando o Conde finalmente se emenda, porque ele sinceramente é um devasso, inconseqüente e desleal em boa parte da história, ele é julgado e culpado, por conta de uma armação em que é totalmente inocente.

Se a obra fosse filmada, com certeza Emily seria indicada ao prêmio de melhor atriz coadjuvante por sua força e determinação. Ainda seria indicada para a continuação da saga, com estória própria.

Emily sofre uma tentativa de estupro, e amadurece de forma cruel e com um grande trauma.

E o mais surpreendente é que o fato do pai de Emily cometer um assassinato à sangue frio, melhorou muito a sua imagem comigo, e foi como ponte de acesso para voltar a merecer a aprovação e o amor da própria Jane e sua filha Emily.

Enfim, Nota 10

“Um livro inesquecível!”

Bjos

Lady d'Arques

A Poção do Amor - Cheryl Holt Ed.1528

Postado por Mara às 12/05/2009 08:52:00 PM 4 comentários
Inglaterra Uma paixão de verdade... Kate Duncan concorda em ajudar sua prima a conquistar um namorado, mas reprova a idéia da jovem de usar uma poção preparada por um boticário para fazer com que o notório Marcus Pelham se apaixone por ela. Para provar que o elixir não funciona, a própria Kate toma uma dose... e vive a experiência mais sensual de sua vida ao se deparar com Marcus numa situação comprometedora! Escondida nas sombras, ela sente cada fibra de seu corpo vibrar, mas será efeito do elixir, ou daquele homem irresistivelmente atraente? Como conde de Stamford, Marcus pode escolher as mulheres que leva para a cama. Nenhuma delas, porém, o deixou tão excitado quanto a tímida Kate observando-o de um canto escuro de seu quarto. Apenas para se divertir, Marcus bebe a poção "mágica" e finge perder o controle cada vez que Kate está por perto... Até perceber que não está mais fingindo e que está se apaixonando de verdade...
Meu comentário:

1º livro da Cheryl que leio e sem dúvida ela merece os elogios que recebe. Um livro com uma proposta diferente, com situações inusitadas. Fikei admirada com a destreza da autora em conduzir vários personagens em cenas variadas e com estórias diversas, personalidades antagônicas e ainda assim prender-me com a trama. O mocinho me aborreceu por ser em minha humilde opinião muito frívolo, só tomou atitude quando descobriu que ela era de nascimento nobre e tinha dote considerável. Sinceramente Marcus só se redime comigo porque aceita se casar com uma mala idiota achando que está dando a Kate uma chance de viver com um homem melhor do que ele mesmo (Marcus), pois não se acha digno dela. Ah... tb em positivo tem que ele é mega hot, com cenas quentes com quase todos os personagens. Nota 8,5 bjos Lady d'Arques

 

Emotion Box Copyright © 2011 Design by Ipietoon Blogger Template | web hosting